Trovas


Trova 1

     Depois do sol vem a lua, 
     Chuva vem depois da nuvem.
     Depois de eu te amar, nua,
     Uma criança é que vem.
_______________________________


Trova 2
Amor puro como o meu Duvido que haja aí. Meu coração, que é só teu, Espera por ti aqui. _______________________________ Trova 3
O sol se põe só pra lua Ser toda sua beleza. Só com a presença tua Minh’alma espanta a tristeza. _______________________________ Trova 4
O oceano é salgado, Não é sem uma razão: É do pranto derramado Por não ter seu coração. _______________________________ Trova 5
A chuva cai e empoça; O sol vem e a evapora. Lagrima de amor não passa, Molha e não mais vai embora. _______________________________ Trova 6
Se perco o trem, outro vem. Se perco o sono, também. Agora, sem ti, meu bem, Viver não vale um vintém. _______________________________

Rodolfo Lopes _________________________________________________________________________________
escrito em 29 de março de 2005 e colocado aqui em 23 de fevereiro de 2006 publicado no final de 2005 em Pérgula Literária VII --> 7º Concurso Nacional de Poesias "Poeta Nuno Álvaro Pereira" <-- _________________________________________________________________________________

QUER COMENTAR?



NAVEGAR                                    



Copyright © 2004, 2005, 2006   * Rodolfo Lopes *      [ Sítio em constante atualização ]

Respeite os direitos autorais!
Os trabalhos aqui expostos têm proteção legal!


Você pode copiar qualquer texto ou poema expostos aqui, no todo ou em parte,
desde que o nome do autor e o endereço do sítio acompanhem de forma clara a cópia.